17 março, 2014

Coleta de dados para aplicativos móveis

Tecnologia SDK
Fig. 01 – Tecnologia SDK

Com o Google Analytics, você também pode coletar e analisar dados para seus aplicativos móveis. Entretanto, a tecnologia utilizada para aplicativos móveis é diferente da utilizada em websites. Neste caso, ao invés de utilizar um código de rastreamento baseado em JavaScript, Google Analytics utiliza um SDK – Kit de Desenvolvimento de Software. Há SDKs diferentes para cada sistema operacional, incluindo Android e iOS.

 

SDK coleta informações sobre o usuário, as páginas acessadas por eles, o tipo de aparelho móvel utilizado e com que frequência o usuário acessa a app. Esses dados são armazenados e reúnidos sob a forma de hits e enviados para sua conta do GA.

Dispatching
Fig. 02 – Dispatching

 

Entretanto, diferente do código de rastreamento em JavaScript (para websites), os dados provenientes de aplicativos móveis são armazenados localmente, no dipositivo móvel em que os hits foram gerados e depois os envia para sua conta do Google Analytics. Esse processo de "despachamento de dados" é conhecido como dispatching.

 

A coleta de dados em aplicativos móveis utiliza dispatching por 2 motivos:

  1. Aplicativos móveis podem perder seu sinal de conectividade com a internet. Assim, quando o equipamente está disconectado da web, o SDK não pode enviar qualquer informações de hit ao Google Analytics.

  2. Enviar dados ao Google Analytics em tempo real pode reduzir o tempo de vida da bateria do equipamento. Por isso, o SDK despacha hits automaticamente da seguinte forma:

      Android X iOS
      Fig. 03 – Android X iOS
    • Equipamentos Android: despacho de hits a cada 30 minutos

    • Equipamentos iOS: despacho de hits a cada 02 minutos

 

 

Você pode modificar essa janela de tempo no seu código de rastreamento para controlar o impacto na vida útil da bateria do equipamento.

 

Funções importantes do SDK: Diferenciação de usuários

User ID
Fig. 04 – User ID

Quando um aplicativo é acessado pela primeira vez, o Google Analytics SDK gera um marcador anônimo único para que identifica o equipamento, semelhante ao método utilizado pelo código de rastreamento de websites. Cada marcador anônimo corresponde a um único usuário no Google Analytics.

 

Se o aplicativo sofrer um update para uma nova versão, o identificador presente no equipamento permanece o mesmo.

Novo ID do usuário
Fig. 05 – Novo ID do usuário
Entretanto, se um aplicativo for desinstalado, o marcador do Google Analytics SDK também será eliminado.

 

Caso o aplicativo seja reinstalado, um novo marcador anônimo único será criado para identificar esse equipamento.
O resultado é que esse usuário será identificado como um novo visitante, ao invés de uma visitante que está retornando ao aplicativo. Apesar disso, nenhum outro impacto será observado em seus relatórios do Google Analytics.

 

A tecnologia SDK oferece um caminho relativamente simples para rastrear as atividades do usuário em um aplicativo móvel, coletanto a maioria das informações que você precisa obter sem a necessidade de qualquer configuração adicional. Claro que há diversas opções de modificar o código de rastreamento, a fim de coletar informações personalizadas sobre os seus usuários, suas sessões e interações com aplicativos móveis.