03 abril, 2014

Como hits são decodificados em usuários e sessões?

Google Analytics utiliza um modelo de dados baseado em 3 componentes principais: usuários, sessões e interações para organizar os dados exibidos em seus relatórios. Esses componentes são gerados a partir de hits, que o código de rastreamento envia ao Google Analytics.

Usuários e sessões são fatores de extrema importância dentro do modelo de organização dos dados no Google Analytics, já que todos os relatórios gerados dependem disso para exibir dados.

Como hits são decodificados em usuários?

Identificação de visitante único
Fig. 01 – Identificação de
visitante único
A primeira vez que um equipamento digital carrega o conteúdo de uma página na web que possui o código de rastreamento do GA, um hit (pacote de dados) é automaticamente criado e identificado com um número dinâmico (random), anônimo e único (ID). Esse hit devidamente identificado com um ID único é então enviado aos servidores do Google Analytics.

Hit e ID no Google Analytics
Fig. 02 – Hit e ID no
Google Analytics
Por meio desse ID, os servidores do Google podem identificar o usuário e o equipamento digital utilizado por ele. No Google Analytics, cada número de identificação (ID) corresponde a um usuário único (também chamado de visitante único).

Sempre que um novo ID é detectado em um hit, o Google Analytics registra esse número como sendo um novo usuário. Quando o Google Analytics detecta em um hit um ID já existente, este é registrado como um usuário recorrente.

  • Novo ID = novo usuário

  • ID já existente = usuário recorrente
O que ocorre quando o usuário deleta cookies?
Fig. 03 – O que ocorre quando o
usuário deleta cookies?

Entretanto, é possível que esse ID seja apagado pelo usuário ou retorne às configurações originais (reset). Isso acontece se o usuário apaga os cookies de seu browser ou desinstala e depois reinstala um aplicativo móvel, por exemplo.

Nesses casos, na próxima vez que esse usuário acessar seu site, o Google Analytics o identificará como um novo usuário, já que ele receberá automaticamente um novo ID, diferente do que ele possuía anteriormente. Dessa forma, um usuário recorrente acaba sendo registrado como novo usuário.

Por padrão (default), esse ID criado automaticamente pelo Google Analytics serve para identificar o usuário, mas também o equipamento digital que ele utilizou. Você também pode modificar a maneira como o GA cria e assina esses IDs, conforme suas necessidades.

ID e cross-device no Google Analytics
Fig. 04 – ID e cross-device no Google Analytics

Ao invés de utilizar um número dinâmico (random) criado pelo Google Analytics, você pode definir que esse número seja substituído por um outro, definido por você. Esse artifício permite que você identifique usuários que navegam pelo seu website utilizando diferentes tipos de equipamentos digitais (desktop, tablet, smartphone etc).


Atribuindo um ID personalizado aos seus visitantes
Fig. 05 – Atribuindo um ID personalizado aos seus visitantes

Como hits são decodificados em sessões?

Uma sessão no Google Analytics corresponde a um conjunto de interações do usário com o website em um determinado intervalo de tempo. Essas interações (que podem ocorrer sob a forma de pageviews, eventos ou transações) também são capturadas e registradas pelos hits.

Sessão é justamente esse intervalo de tempo no qual as interações entre usuário e website acontecem. Por padrão (default), uma sessão corresponde ao intervalo de 30 minutos.

Um único usuário pode possuir várias sessões. Essas sessões podem ocorrer ao longo de um mesmo dia ou ao longo de vários dias, semanas ou meses. Assim que uma sessão termina, há a possibilidade de iniciar uma nova sessão.

Entenda como funcionam as sessões no Google Analytics
Fig. 06 – Entenda como funcionam as sessões no Google Analytics

Quando uma sessão começa?

Uma nova sessão começa sempre que o Google Analytics detecta um novo hit de um usuário, seja sob a forma de pageview, um novo evento ou uma nova transação de comércio eletrônico.

Quando um usuário acessa o seu website, um hit é registrado, identificado com um ID único e enviado aos servidores do Google Analytics. Caso ele abra uma nova página dentro do mesmo website, um novo hit será registrado e processado como parte da mesma sessão, que se iniciou com o hit anterior.

Quando um novo usuário acessa o seu website pela primeira vez, uma sessão será iniciada automaticamente e ele será identificado como um novo usuário em seus relatórios do GA. Quando esse usuário retornar ao seu website, uma outra sessão será iniciada automaticamente e ele será identificado como um usuário recorrente.

Tempo limite de uma sessão no Google Analytics
Fig. 07 – Tempo limite de uma
sessão no Google Analytics
Quando uma sessão termina?

O tempo de expiração de uma sessão, também conhecido como timeout length, pode ser ocasionado devido a várias situações.

Uma sessão se encerra:

  • após 30 minutos sem atividade no website (mesmo que o usuário não tenha deixado o seu website) – pois o GA deixa de receber hits.

    Ex: o usuário sai para almoçar e deixa o seu website aberto na tela do computador por 1 hora.
  • no final do dia, à meia-noite – padrão definido pelo GA.
  • quando o usuário completa uma transação ou ação definida como evento.
  • se houver qualquer modificação relacionada à origem pela qual o usuário acessou o seu website.

    Essas modificações pode estar relacionadas a:
    • alteração do link utilizado para acessar o website
      (definida pelo cookie utm_source)
    • alteração da mídia utilizada para acessar o website
      (definida pelo cookie utm_medium)
    • alteração do nome da campanha utilizada para acessar o website
      (definida pelo cookie utm_campaign)
    • alteração do termo da campanha utilizada para acessar o website
      (definida pelo cookie utm_term)
    • alteração do conteúdo da campanha utilizada para acessar o website
      (definida pelo cookie utm_content)
    • alteração na identificação da campanha utilizada para acessar o website, ou seja, ID
      (definida pelo cookie utm_id)
    • alteração do browser utilizado para acessar o website
    • alteração do tipo de campanha do AdWords utilizada para acessar o website
      (definida pelo cookie gclid)

      Ex: O usário acessou o seu website através do Chrome, saiu e retornar através do Internet Explorer.

Quando uma nova sessão se inicia no GA?
Fig. 08 – Quando uma nova
sessão se inicia no GA?

Após qualquer uma das situações descritas acima, uma nova sessão se iniciará automaticamente quando o usuário retornar ao seu website.





Atenção
Os dados de cada sessão são registrados de forma independente, ou seja, não se misturam com os dados de uma outra sessão.

O tempo de duração padrão (default) de uma sessão é de 30 minutos, adequado à maioria dos websites e aplicativos móveis. Entretanto, o tempo de duração da sessão pode ser alterado em qualquer momento para melhor se adequar aos objetivos do seu negócio.

O tempo de duração da sessão pode variar entre:

  • Mínimo = 01 minuto
  • Máximo = 04 horas

Como configurar o tempo de uma sessão no GA?
Fig. 09 – Como configurar o tempo de uma sessão no GA?

Alteração no tempo de duração da sessão pode fazer sentido se os usuários do seu website passam a ser considerado inativos ao assistirem um vídeo com duração maior do que 30 minutos, por exemplo.